Doença de Parkinson e o Pilates

Conheça os benefícios do Método Pilates para quem tem #Parkinson.



A Doença de Parkinson (DP) e uma doença crônica e progressiva do sistema nervoso central que resulta da morte de neurônios motores, causando uma diminuição da dopamina, importante neurotransmissor responsável pelo controle central dos movimentos.

A DP apresenta distúrbios motores caracterizados por bradicinesia (movimentos lentos), tremor de repouso, rigidez, alterações da marcha, além de déficits de equilíbrio, o que causa instabilidade postural e o aumento do risco de quedas. Havendo outras alterações na marcha como diminuição da velocidade dos passos, cadência e diminuição do balanço dos braços, essas alterações se evidenciam quando há a evolução da doença.


Sintomas não motores estão presentes na DP tais como depressão, alterações no estado de alerta, de comportamento ou de humor, dores, fadiga e uma diminuição da qualidade de vida.


Os exercícios físicos além de apresentarem boa resposta motora na doença de Parkinson, também podem apresentar melhora no equilíbrio postural. Eles contribuem para a neuroplasticidade, ou seja, na capacidade do cérebro se adaptar-se à mudanças. Estimulam a neurogênese (processo de formação de novos neurônios) e melhoram o metabolismo e a resposta imune.

Na doença de Parkinson, as limitações físicas, tais como déficit de equilíbrio e redução do tempo de reação, foram identificadas em estudos como fatores de risco de quedas. Assim, a participação de exercício físico regular é essencial agindo de forma preventiva na ocorrência de quedas.

Estudos apontam que os exercícios do Método Pilates melhoram o tempo de reação e a velocidade, gerando uma capacidade maior para responder às alterações no centro de gravidade.


Benefícios do Método Pilates

· Aumento da densidade mineral óssea,

· Melhora na composição corporal,

· Melhora da resistência muscular,

· Aumento do tônus muscular,

· Melhora da coordenação motora,

· Melhora do equilíbrio estático e dinâmico,

· Aumento da flexibilidade e

· Melhora da qualidade de vida.



Concluindo...

Evidências indicam que sua prática tem um impacto positivo no condicionamento físico, equilíbrio, melhorias em sua mobilidade funcional, permitindo que enfrentem atividades de vida diárias com maior segurança e eficiência.

Espero ter ajudado. Até a próxima!




Autora:


Dra. Francieli Mortari da Silveira

CREFITO 250448-F


Fisioterapeuta, pós graduanda em Terapias Manuais e Instrutora de Pilates no Zentrum Pilates e Bem-estar, Brusque/SC.


Brusque, Santa Catarina   |  zentrumpilatesebemestar@gmail.com   | (47) 3350-2743  |  (47) 99925- 3479

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

2017 - Criado por Zentrum Pilates e Bem-estar.