O que você é capaz de fazer por amor aos seus pais?

O amor de pai e mãe não tem explicação, nem como mensurar. Sou mãe, e não encontro palavras suficientes para descrever com perfeição o que sinto por meu filho.


Se você é mãe ou pai, tenho certeza que me entende!



O amor de filho também é intenso, forte e difícil de retratar em palavras. Mas na minha visão, a grande diferença entre ser mãe ou ser filha, está na forma que vemos o ser amado.


Como filha, sempre tive meus pais como exemplo, apoio, sabedoria. E isso gera um peso muito grande sobre tudo que vêm deles. Como mãe, sou muito mais tolerante, afinal a criança está aprendendo e muito do que surge nele, vem de mim, das minhas virtudes ou dos meus defeitos.


Em relação aos pais, quem não quer vê-los saudáveis, animados, felizes, cheios de vitalidade e transbordando vontade de viver? Eu quero! E você?

Para isso vivemos dando nossa opinião sobre o que é certo eles fazerem ou não.


Quando relatam um sofrimento por alguma situação, ou alguma dor ou sintoma estranho, logo já vem àquela agonia que muitas vezes saí até meio atravessada em frases como: “Deixa essa pessoa pra lá, não dá bola, esquece isso! Você não precisa mais fazer isso! Então vai no médico! Já foi no médico? O que você fez? Tem que fazer alguma coisa! Quer ajuda? Vou ver isso! Vou marcar! Vou me informar! Eu te levo!”


Garanto que váaaarias dessas frases você já se viu falando para seus pais, confirma?


Somos capazes de tantas coisas... Quantas vezes abrimos mão de fazer algo por nós, por nosso parceiro(a), por nossos filhos, para termos certeza de que eles estão bem?


Quem tem irmãos ou irmãs, quantas vezes precisamos até brigar, mas pensando em resolver alguma coisa para ficar melhor para os pais? Quanto investimento de tempo, de dinheiro, de diálogo!


Contudo, minha intensão em te lembrar um pouco do muito que você já fez por amor aos seus pais, é trazer uma reflexão sobre o que realmente é bom para eles. Porque nessa vida corrida que levamos, onde tentamos carregar o mundo em nossos ombros: trabalho, casa, filhos, marido/esposa, pais, irmãos, enfim... é comum que estejamos sempre apagando incêndios, remediando coisas ao invés de prevenindo. Então procure ficar mais atento às coisas que vão fazer bem para o amanhã deles, ao que eles gostam, ao que eles acham importante.


Quem sabe diga mais que o ama, permita uma troca maior de carinho dos seus filhos com eles, incentive mais seus pais a realizarem projetos, descobrirem hobbies, a guardar menos dinheiro e dizer mais “sins” à novas experiências, como uma atividade física, por exemplo.


E para finalizar esse papo de hoje, te digo, como mãe que sou, que uma das coisas mais importantes que você pode fazer por seus pais, é se amar, se cuidar e se valorizar verdadeiramente a partir de hoje. Porque felicidade de pai e mãe é, também, ver seu filho bem e feliz!


E aí, conta para mim! Gostou do assunto de hoje? Compartilha comigo sua opinião e vamos juntos seguir evoluindo nossa visão de ver e viver a vida!



Autora:


Maria Aparecida Janz


Mãe, esposa, empresária, e acima de tudo, uma pessoa apaixonada por desenvolvimento humano em prol da saúde física e mental.

Brusque, Santa Catarina   |  zentrumpilatesebemestar@gmail.com   | (47) 3350-2743  |  (47) 99925- 3479

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

2017 - Criado por Zentrum Pilates e Bem-estar.