Os Vícios da Vida Cotidiana.

Atualizado: 16 de Set de 2019

Descubra o que são, o que causam e como superá-los!



Todos nós temos vícios, e eles são dos mais variados tipos.

Estudos comprovam, que um indivíduo normal, possui mais de 30 vícios, dentre eles:

  • Palavrões,

  • Raiva,

  • Arrogância,

  • Falta de paciência,

  • Trair ou ser traído,

  • Abandonar ou ser abandonado,

  • Destruir o que tem para poder recomeçar.

Alguns até parecem inofensivos como fofocar, reclamar, calar, comer demasiadamente, se colocar em papel de vítima ou ser perfeccionista.

Mas, todos, de alguma forma, podem gerar sensação de prazer imediatos, que com o tempo, só conseguem mesmo é fazer o mal e destruir sonhos.


Devem ser considerados vícios os comportamentos, pensamentos e sentimentos que nos esforçamos inconscientemente para reproduzir todos os dias, mesmo que racionalmente você não queira.

Contudo, sua programação física ou emocional, faz automaticamente, porque seu corpo e mente estão viciados aos hormônios e sensações produzidos por essas situações.


Por exemplo: você nunca falou nada, mas em seu pensamento, você vive pensando ou imaginando que seu marido está te traindo, ou que seu chefe vive se aproveitando de você, ou ainda que seus familiares não te valorizam, entre tantos outros pensamentos que acabam te deixando para baixo.



E esse “deixar para baixo” são seus hormônios, que ao invés de estarem nutrindo seu corpo com oxitocina, dopamina, serotonina (que fazem bem), estão produzindo cortisol e progesterona, e isso vai gerando os sentimentos tóxicos, que por fim levam à doenças físicas e mentais, como depressão, infecções e inflamações dos mais variados tipos.



O interessante, é que o vício só se mantém por meio de conexão com o outro, e essa outra pessoa é próxima e provavelmente amada, ou seja, alguém como mãe, marido, filhos e até subordinados ou chefes são alimentadores de vícios.


Por isso é tão comum, ver pessoas trocando de marido, funcionário ou emprego, e logo entrando em ciclo de situações semelhantes.


Sabe aquela frase: “fulana não tem sorte mesmo”, ou “sempre acontece esse tipo de coisa com ela”. Isso se justifica porque pessoas viciadas vão buscar por mesmas emoções tóxicas.

Pode até, parecer relacionamentos ou pessoas envolvidas muito diferentes, mas com o tempo, será possível perceber que o resultado dessas relações será igual.

O único jeito de mudar, é reconhecendo e tratando o vício, pois com ele, as relações ficam disfuncionais.



Mas como reconhecer um vício? Através da observação e autoconhecimento.

Todo vício se manifesta pelo que se fala, se pensa, se faz ou não faz, mas que de alguma forma está gerando um sistema de comunicação entre o que você é, sente e faz com o mundo ao seu redor!


“Seus verdadeiros problemas não estão nos seus relacionamentos, mas em seus vícios, e você está usando todos ao seu redor para beber de sua cachaça” Paulo Vieira

Por isso cuide mais de você, se observe, não se permita mais viver com emoções e relações tóxicas, você pode mudar isso!


E uma grande dica é mudar sua postura corporal, afinal nosso corpo também influencia em nossos sentimentos. Por isso, toda vez que se sentir com raiva ou deprimida, deixe seu corpo em uma postura neutra, relaxada, com os ombros no lugar (soltos), mantenha uma postura ereta, cabeça erguida e respire fundo. Rapidamente você irá perceber que a raiva diminui e uma sensação de esperança surge. Esta dica pode ser usada para qualquer ocasião e sentimento, só lembre que seu corpo e mente estão conectados!


Meu convite essa semana é exercitar esse conhecimento! Vamos lá!?


Se observe e liste 03 pensamentos, sentimentos ou ações que você costuma repetir, e que sente que causam mal à você, aos seus relacionamentos ou à sua saúde!

Ficou com dúvida se algum desses realmente é um vício na sua vida? Então me manda mensagem, ou comenta aqui que eu te ajudo!


Porque é como eu sempre digo: Só é possível mudar o que está na consciência! Aguardo seu contato!


Até a próxima!



Laís Hack​

Psicóloga e Coach de Relacionamentos Pessoal e Interpessoais, com base na teoria Integral Sistêmica e Inteligência Emocional.


E-mail: Lais_hack@hotmail.com

Instagram: @lais_hack

Facebook: @Coach.LaisHack

Brusque, Santa Catarina   |  zentrumpilatesebemestar@gmail.com   | (47) 3350-2743  |  (47) 99925- 3479

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

2017 - Criado por Zentrum Pilates e Bem-estar.