Sua rotina de trabalho te causa fortes dores? Conheça as "Dorts".

VOCÊ SABE O QUE SÃO DORTs?

Os DORTs (distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho) são a maior categoria de lesões no local de trabalho e são responsáveis ​​por quase 30% de todos os custos de remuneração dos trabalhadores.



Mas afinal, o que são DORTs?

É simples. São distúrbios músculo-esqueléticos que afetam o movimento ou o sistema músculo-esquelético do corpo humano (músculos, tendões, ligamentos, nervos, discos, vasos sanguíneos, etc.).

Os distúrbios osteomusculares comuns incluem:

· Tendinite

· Síndrome do túnel carpal

· Tendinite do manguito rotador

· Epicondilite

· Doença degenerativa do disco e muitos mais.


Usamos o termo "distúrbio músculo-esquelético" porque descreve com precisão o problema. Outros nomes comuns são "lesão por movimento repetitivo", "lesão por esforço repetitivo", "lesão por uso excessivo" e muito mais. O problema de usar esse tipo de terminologia é que isso implica uma causa singular de dano ao sistema músculo-esquelético - repetição e estresse. E isso é limitante.


Quais são as causas e os fatores de risco?

Quando um trabalhador é exposto a fatores de risco de DORTs, ele começa a se cansar.


Quando a fadiga ultrapassa o sistema de recuperação do corpo, eles desenvolvem um desequilíbrio músculo-esquelético. Com o tempo, à medida que a fadiga continua a superar a recuperação e o desequilíbrio musculoesquelético persiste, um distúrbio músculo-esquelético se desenvolve.


Os fatores de risco podem ser divididos em duas categorias: fatores de risco relacionados ao trabalho (ergonômicos) e fatores de risco relacionados ao indivíduo.


Fatores de risco ergonômicos primários:

· Alta repetição de tarefas;

· Esforços excessivos;

· Posturas inadequadas;

· Longas jornadas de trabalho, sem pausas.


Fatores de risco individuais/ psicossociais:

· Maus hábitos de saúde em geral.

· Má alimentação, condicionamento físico e hidratação;

· Estresse;

· Insatisfação profissional.


Quais são os sintomas dos DORTs?

Podem incluir:

· Dor recorrente;

· Rigidez articular;

· Desconforto físico no final do dia;

· Formigamento nas extremidades;

· Edema, entre outros sintomas.


Fonte: www.cerestprudente.com.br

Eles podem afetar qualquer área principal do seu sistema músculo-esquelético. Em alguns casos, os sintomas podem interferir nas atividades diárias, como caminhar ou digitar.


Você pode desenvolver uma amplitude de movimento limitada ou ter problemas para concluir as tarefas de rotina.






Como os DORTs são tratados?

O profissional da saúde poderá recomendar um plano de tratamento com base no seu diagnóstico e na gravidade dos seus sintomas.


Para tratar a dor ocasional, eles podem sugerir exercícios moderados e medicamentos para dor. Para sintomas mais graves, eles podem prescrever medicamentos para reduzir a inflamação e a dor. E na maioria dos casos, eles podem recomendar fisioterapia, terapia ocupacional ou ambos.


Essas terapias podem ajudá-lo a aprender a gerenciar sua dor e desconforto, manter sua força e amplitude de movimento e ajustar suas atividades e ambientes diários.



Autora:


Dra. Jaíne Madruga da Silva


CREFITO 252660-F


Fisioterapeuta, pós graduada em Fisioterapia do trabalho e Ergonomia, e Instrutora de Pilates no Zentrum Pilates e Bem-estar / Brusque - SC

Brusque, Santa Catarina   |  zentrumpilatesebemestar@gmail.com   | (47) 3350-2743  |  (47) 99925- 3479

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

2017 - Criado por Zentrum Pilates e Bem-estar.