Hérnia de Disco Lombar e o Pilates: Saiba mais sobre os benefícios do método como tratamento!



A hérnia de disco é uma patologia frequente na coluna lombar e acomete estruturas articulares alterando o funcionamento biomecânico da região e das propriedades naturais dos tecidos adjacentes. É muito mais comum do que se imagina, mesmo porque ela pode não apresentar dores significativas.


O que vai designar ela ser assintomáticas ou sintomáticas, é a sua localização, seu tamanho, seu tipo e seu grau de envolvimento radicular, ou seja, com “nervos”, como por exemplo o Ciático.


Alguns fatores de riscos são determinantes para uma degeneração do disco, até que se inicie o processo de hérnia discal. Músculos fracos usados no dia-dia de forma inadequada deixam a coluna vulnerável à lesões, sendo necessário o fortalecimento da musculatura do tronco como prática diária.


A hérnia de disco surge como resultado de diversos pequenos traumas na coluna que vão, com o passar do tempo, lesionando as estruturas do disco intervertebral, ou pode acontecer como consequência de um trauma severo sobre a coluna.

Em ambos os casos, a prevenção será sempre a melhor escolha, capaz de evitar muitos sofrimentos e transtornos no dia a dia.


Quando o problema já está instalado, entra a ajuda da fisioterapia. E nesta área, estudos mostram que o Pilates tem sido muito utilizado, principalmente, com fins reabilitadores, como:

  • Estabilização do segmento lombo-Pélvico;

  • Reestauração de funções de diferentes articulações e;

  • -Tratamento da dor lombar.


O método Pilates consiste em dois tipos de aula, o solo ou aparelhos.

O trabalho tanto no solo quanto nos aparelhos são semelhantes, o que diferencia qualquer prática é a qualificação e acompanhamento próximo do profissional instrutor ao aluno. Pois é necessário a certeza que os movimentos estão gerando exercícios para estabilizar pelve, controlar abdome, mobilizar articulações, fortalecer e alongar membros superiores e inferiores, sem causar compensações prejudiciais à saúde motora.


O Pilates provoca a tentativa do controle mais conscientemente possível dos músculos envolvidos nos movimentos. São, na sua maioria, executados na posição deitada, com diminuição do impacto nas articulações de sustentação do corpo na posição ortostática (em pé) e, principalmente, na coluna vertebral, permitindo recuperação das estruturas musculares, articulares e ligamentares, particularmente da região sacrolombar.


Os exercícios do método Pilates preconizam a melhora das relações musculares agonista e antagonista, favorecendo o trabalho dos músculos estabilizadores, prevenindo diversos distúrbios na coluna lombar.


Recentemente, o método passou a ser muito usado por profissionais de saúde, com diversos objetivos, inclusive de integrar corpo e mente.

Pois, além de proporcionar melhora do condicionamento físico, flexibilidade, força, equilíbrio e consciência corporal, é um método muito versátil, que permite integração de outros conhecimentos, técnicas e estímulos.




Seja por dores, desconfortos físicos frequentes ou mesmo por prevenção, procure saber mais sobre essa atividade física incrível!


Encontre um local com propósito que você se identifique, com profissionais qualificados e que amam cuidar de pessoas através do Pilates, e descubra que é possível sim, VIVER MAIS e MELHOR!




Autora:


Dra. Francieli Mortari da Silveira

CREFITO 250448-F


Fisioterapeuta, pós graduanda em Terapias Manuais e Instrutora de Pilates no Zentrum Pilates e Bem-estar, Brusque/SC.





Brusque, Santa Catarina   |  zentrumpilatesebemestar@gmail.com   | (47) 3350-2743  |  (47) 99925- 3479

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon

2017 - Criado por Zentrum Pilates e Bem-estar.